Gestores de pessoas devem ser protagonistas das mudanças disruptivas no ambiente de negócios

Gestores de pessoas devem ser protagonistas das mudanças disruptivas no ambiente de negócios

Evento da ABRH-PR, Boa Noite RH, debate a evolução do mercado de trabalho

O ambiente de negócios e as relações de trabalho passam por profundas transformações, gerando desafios de adaptação para empregadores, profissionais e sociedade. Também são inevitáveis os impactos disruptivos, inovadores e legais na cultura organizacional. Como construir soluções criativas e definir estratégias para que empresas e trabalhadores se ajustem a esta nova realidade de mercado cada vez mais digital, tecnológico e competitivo e com escassez de emprego? A resposta para a questão foi amplamente debatida durante o Boa Noite RH, tradicional evento da ABRH-PR – Associação Brasileira de Recursos Humanos do Paraná, realizado na quarta-feira (6), em Curitiba.

Participaram das discussões a gerente de Pessoas da bringIT, Victoria Figueira, o advogado José Afonso Dallegrave Neto e a coach Danielle Fausto; o painel foi mediado pela consultora Vera Lucia Mattos. Os especialistas compartilharam com líderes e profissionais de recursos humanos, as tendências de mercado, boas práticas, modalidades de gestão de trabalho e de pessoas, avanços da tecnologia, diferentes formas de relacionamento entre empregador e empregado, novos perfis e expectativas dos profissionais, barreiras legais, como as empresas estão encarando os atuais desafios e de que forma eles afetam estratégias de negócios e os reflexos da revolução 4.0 nos níveis de empregabilidade.

Para Victória Figueira, adaptabilidade, compatibilidade e flexibilidade são conceitos que devem caminhar junto à disrupção e competências. “Estamos vivendo um momento de transição, no qual empresas, culturas, gestão e pessoas são diferentes e opostas, que exigem modelos de negócios inovadores onde os profissionais de recursos humanos devem ser os protagonistas. São eles que devem fomentar a inovação em todas as áreas da empresa de forma integrada, conectada e construída de maneira a valorizar as diferentes gerações no ambiente de trabalho”, assegura.

O advogado Dallegrave Neto disse que o problema do desemprego apenas será minimizado quando empresas e trabalhadores se conscientizaram de que é preciso se reinventar no mercado de trabalho e na profissão. “Os desafios a serem enfrentados são muitos, mesmo após a reforma trabalhista, não houve aumento da contratação de trabalhadores, pelo contrário, o desemprego aumentou. O problema é mais amplo, está relacionado a economia, existe lei trabalhista no mundo todo e em vários aspectos muito semelhantes ao Brasil, o que realmente encarece o custo da mão de obra no país são os encargos”, observa. Para ele, tanto os empreendedores como os profissionais devem ter uma mentalidade disruptiva, adaptável às novas relações de emprego e salário. “Precisamos mudar de comportamento, buscar a inovação, habilidades para que o ambiente não seja hostil, sem choque de gerações, mas colaborativo, sustentável, consciente e respeitoso às diferenças”.

A coach Danielle Fausto afirma que é uma sonhadora e muito otimista com o atual cenário. “Acredito que o ser humano tem a capacidade e potencial para atuar em vários campos, aceitar as transformações e superar obstáculos”, destaca. “O mundo tecnológico traz inovação e modelos de negócios que rompem padrões e criam novas oportunidades de trabalho”, coloca. De acordo com ela, são as pessoas e suas atitudes que farão a diferença neste cenário tão disruptivo. “Aprender por meio da experiência e colocar energia naquilo que realmente lhe traga frutos, amplie competências”.

Nova parceria

Na ocasião, a presidente da ABRH-PR, Susane Zanetti, assinou o termo de parceria com a Hora do Emprego, uma nova concepção de plataforma para busca e oferta de vagas de emprego. A empresa tem cadastradas mais de 76 mil vagas, 680 mil currículos, 3,2 mil anunciantes e 535 mil acessos mensais. De acordo com Luiza Castro, sócia diretora da Hora do Emprego, a ideia é contribuir para ampliar os níveis de empregabilidade.

Eleições na ABRH-PR

No dia 6 de julho, os associados da ABRH-PR poderão eleger a nova diretoria da Associação para a gestão 2019-2021. O voto será feito por processo eletrônico dentro do site da entidade. A partir da próxima semana, os nomes dos candidatos estarão disponíveis no portal.

CONPARH

O vice-presidente da ABRH-PR, Rodrigo Titon, deu as boas-vindas aos presentes no Boa Noite RH, e convidou a todos a participar do XV CONPARH, que será realizado nos dias 24 e 25 de setembro, em Curitiba. As informações e detalhes do evento podem ser acessados no site www.conparh.org.br.