RH nas cooperativas

As cooperativas paranaenses apresentam elevada importância no contexto econômico regional. Segundo dados da Ocepar (2017), o estado tem 221 cooperativas registradas, que faturaram em 2016 mais de R$ 70 bilhões, reunindo mais de 1, 4 milhão de cooperados e empregando diretamente mais de 84.000 pessoas. Essas cooperativas representam atualmente 56% da economia agrícola do Paraná, além de participarem ativamente do processo de produção, beneficiamento, armazenagem e industrialização de grande parte dos produtos agropecuários produzidos no estado.

Os recursos humanos são um ativo da organização que proporcionam vantagem competitiva e sobre os quais o sucesso organizacional é alavancado. Esse viés de análise tem sido adotado pelas cooperativas, manifestado na forma como tratam os seus funcionários, tornando-os os principais impulsionadores do sucesso empresarial e adotando uma abordagem de gestão estratégica de recursos humanos como parte da estratégia global da organização.

O êxito das cooperativas está relacionado com a capacidade de transformar sua estratégia competitiva em resultados por meio do capital humano. As políticas, práticas e a estrutura de recursos humanos interagem com a dimensão econômica e social de maneira a assegurar a contribuição para a realização da estratégia de negócios.

Calendário ABRH-PR 2017

[MEC id=”1712″]